Warcraft: the Beginning

A Blizzard lançou finalmente o primeiro filme do universo Warcraft e o resultado final, é na minha modesta opinião, impressionante. Começo por salientar que estou longe de ser um conhecedor do lore, pelo que a minha perspectiva se foca exclusivamente no que vi.

A narrativa começa por se focar no mundo dos Orcs, que está moribundo, sendo necessário transpor um portal que lhes permite invadir outra realidade. Para tal, contam com Gul´Dan, um poderoso feiticeiro que utiliza uma magia que se alimenta dos seres vivos (Fel) e permite igualmente aumentar as capacidades guerreiras dos Orcs.

Após esta introdução, somos apresentados ao reino de Azeroth, onde várias raças (elfos, anões e humanos, entre outros) vivem em harmonia. Está muito bem conseguido este oposto nos mundos, sobretudo pela aposta em paisagens belas, verdejantes e repletas de edifícios imponentes.

Face ao sucesso da ofensiva Orc, o rei Llane convoca o “Guardião” Medivh, um poderoso feiticeiro, que está encarregue de proteger o Reino, para o auxiliar neste período de crise. As tropas são lideradas pelo comandante Lothar, que terá a ajuda de Khadgar, um suposto aprendiz de mago que terá um papel fundamental na batalha que se avizinha.

Pelo meio, passamos a compreender que nem todos os Orcs concordam com a utilização da Fel, considerando que a magia está a corromper a sua forma de vida e respectiva tradição. Durotan, um dos líderes de clã, vai forjar uma aliança com os humanos, precisamente para derrubar Gul´Dan e garantir a sobrevivência da sua espécie. Outra preciosa ajuda vem de Garona, uma mestiça (meio orc e humana?) e que vai ajudar Lothar na batalha, tendo igualmente um papel muito importante na narrativa.

Sem querer colocar spoilers, vamos ter batalhas épicas, excelentes cenas de CGI e sobretudo, as melhores cenas de magia que me recordo de ter visto em cinema. É evidente que vai existir uma sequela, mas esta primeira aventura cumpriu a sua função, aguçando o meu “apetite” para o futuro. Em suma,  Warcraft: the Beginning, cumpriu as minhas expectativas e é um filme que recomendo para quem gosta do género.

The following two tabs change content below.

hugocardoso

Criador / Fundador do Portal Pessoal
Faço parte da fantástica "colheita" de 1978. Sou adepto do SLB, LA Lakers, GB Packers e Colorado Avalanche. Fã da Marvel, DC e modesto coleccionador de action figures. Entusiasta de retro gaming, cinema e gamer no (pouco) tempo livre. 38.86667,-9.077065

Últimos artigos de hugocardoso (Ver todos)

Participa no debate. A tua opinião é fundamental.


Qual é o resultado final de 12 + 18 ?
Please leave these two fields as-is:
O SPAM não será tolerado neste espaço, pelo que solicito o preenchimento do formulário acima indicado. Muito obrigado.