Escape Plan: The Extractors

Gostei bastante do primeiro filme desta saga, que se revelou uma agradável surpresa. A sequela é claramente inferior, mas consegue compensar com uma premissa interessante e alguns twists cativantes, apesar de não gostar particularmente do acto final.

The Extractors marca o final da trilogia e tenta consolidar a narrativa dos filmes anteriores, sem grande sucesso. Desta vez, Ray Breslin terá a missão de resgatar a sua namorada, Abigail Ross e a filha do magnata das Zhang Innovations, que estão detidas numa prisão conhecida como Devil’s Station.

A sua equipa está novamente de regresso, com a adição de Trent DeRosa (Dave Bautista) e Shen Lo, numa missão que terá um grau de dificuldade extremamente elevado. Em termos de narrativa, o filme é uma desilusão completa, dado que é demasiado linear e sem grandes motivos de interesse.

Existem várias cenas de ação e boas coreografias de luta mas tudo o resto é muito fraco, chegando a tornar-se cansativo sobreviver aos 96 minutos de duração desta aventura. É efetivamente uma pena, dado que esta franchise tem ideias interessantes e o primeiro filme, conforme mencionei, foi uma lufada de ar fresco.

Pelos motivos acima mencionados, apenas recomendo The Extractors para quem acompanhou as duas aventuras anteriores.

INSUFICIENTE
52%
The following two tabs change content below.

hugocardoso

Criador / Fundador do Portal Pessoal
Membro da fantástica colheita de ©1978. Utilizador de . Adepto do SLB, LA Lakers e Colorado Avalanche. Entusiasta de Retro Gaming, Cinema e BD. Colecionador de Estátuas & Mini-Figuras. Fã #1 de Muttley, o 🐶

Últimos artigos de hugocardoso (Ver todos)

Participa no debate. A tua opinião é fundamental.