Outside the Wire

A Netflix continua a investir em projetos inesperados, que contam com alguns nomes relevantes em Hollywood. Outside the Wire conta com a participação de Anthony Mackie e Emily Beecham, retratando um mundo em guerra, no ano de 2036. A narrativa decorre na Ucrânia, onde forças americanas tentam manter a paz, com o apoio de Gumps, robots militares e drones.

O primeiro acto apresenta-nos Harp, um piloto que desrespeita as suas ordens diretas, levando à morte de 2 marines, para conseguir salvar a restante unidade, composta por 38  elementos. Como punição, é enviado para a Ucrânia, para servir sob as ordens do Capitão Leo, um androide experimental que à primeira vista, parece um humano.

A missão de Leo e Harp passa por evitar que Victor Koval, o líder dos terroristas ucranianos, consiga ter acesso aos silos nucleares. Ao longo desta aventura, vamos percorrer campos de refugiados e ver Leo a tomar decisões que violam a conduta militar, algo que Harp tem dificuldade em lidar.

Ao longo do segundo acto, é visível a mudança no código moral das personagens principais, com o intuito de alcançar o sucesso da missão. A narrativa consegue no entanto ser algo previsível, o que condiciona a parte final de Outside the Wire.

Gostei de algumas ideias apresentadas e no global, as cenas de ação estão bem conseguidas mas em ponto algum consegui atingir um ponto de entusiasmo relevante. Por esse motivo tenho muitas reservas em recomendar este filme. Caso tenham uma hora e meia para investir numa tarde cinzenta de Inverno, diria para o fazerem.

Mediano
65%

Acerca de hugocardoso

Membro da fantástica colheita de ©1978. Utilizador de . Adepto do SLB, LA Lakers e Colorado Avalanche. Entusiasta de Retro Gaming, Cinema e BD. Colecionador de Estátuas na escala 1/6. Fã #1 de Muttley, o 🐶

Consultar mais artigos de hugocardoso →

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.