O Sentido da Vida

Sou um consumidor ávido de documentários e tenho particular interesse por tudo o que esteja relacionado com a evolução da Humanidade. Um das teorias que sempre me fascinou foi a dos Astronautas Antigos, que divide opiniões e gera debate há várias décadas. Sempre acreditei que devemos manter uma mente aberta e a realidade é que não existem provas conclusivas que nos possam validar a presença agora ou no Passado de entidades alienígenas. Mas é igualmente verdade que não existem provas em contrário, o que deixa apenas uma ténue fronteira entre a especulação e a verdade.

Pessoalmente, prefiro focar-me nas probabilidades e nesse campo a existência de vida inteligente é mais do que provável, restando saber se tal “descoberta” será realizada ainda no meu tempo de vida. Os defensores da teoria dos Astronautas Antigos acreditam que a Humanidade foi visitada há muitos anos atrás, o que justifica a criação de inúmeras pinturas, monumentos e até obeliscos. Paralelamente defendem que fomos geneticamente alterados, ainda na fase inicial de desenvolvimento, o que contradiz em muito a Teoria da Evolução.

Mais uma vez, são escassas as provas existentes, embora conceda que temos mais perguntas do que respostas. A ciência no geral é extremamente conservadora, o que na minha opinião é um contrasenso mas a evolução da Humanidade está repleta de histórias semelhantes. Somos demasiado arrogantes e continuamos a deixar o nosso ego dominar o pensamento, na perspectiva que somos o Centro do Universo.

Parece-me fundamental continuar a fazer as questões correctas e colocar o que conhecemos em perpectiva. Em tempos a Terra foi plana e o Sol orbitava em redor do nosso planeta mas alguém teve a coragem de mudar as ideias pré-concebidas dessa época. Quem nos garante que tal não se voltará a repetir?  E apesar de tudo, pessoas como Giorgio Tsoukalos, Erich von Däniken e muitos outros são importantes para esse trajecto, independentemente de estarem correctos.

Enquanto raça devemos focar-nos no nosso desenvolvimento e a curiosidade separa-nos dos restantes habitantes deste planeta. Existirão naves e bases extra-terrestres no subsolo? Fomos de facto visitado há 15.000 anos atrás? Os raptos alienígenas são verídicos? Sinceramente não sei mas gostaria de saber a resposta e essa deve ser a premissa que todos nós devemos seguir. Este artigo é sem dúvida diferente do que normalmente é disponibilizado neste portal mas parece-me interessante desviar para temáticas de interesse pessoal.

De forma simbólica, optei pelo dia 25 Abril como data de publicação deste artigo. Como sempre, utilizem a caixa de comentários para partilhar ideias e opiniões.

The following two tabs change content below.

hugocardoso

Criador / Fundador do Portal Pessoal
Membro da fantástica colheita de ©1978. Utilizador de . Adepto do SLB, LA Lakers e Colorado Avalanche. Entusiasta de Retro Gaming, Cinema e BD. Colecionador de Estátuas & Figuras. Fã #1 de Muttley, o 🐶

Últimos artigos de hugocardoso (Ver todos)

Participa no debate. A tua opinião é fundamental.