Doctor Who T.10

Após uma das mais brilhantes temporadas de sempre, o Doutor está de volta para mais aventuras repletas de acção, devidamente complementadas com a pitada de humor característica. O primeiro episódio começa de forma brutal, com o aparecimento de The Ghost, um super-herói que tem estranhas ligações ao nosso Timelord preferido.

Com o decorrer da narrativa, ficamos a conhecer Bill Potts, assim como Nardole, que será uma presença constante ao longo desta temporada. Tomamos igualmente conhecimento da existência de um cofre, que é guardado pelo Doutor, impossibilitando-o de viajar no tempo.

Existem inúmeros episódios de qualidade, com novos adversários tais como The Monks e Ice Warriors mas os clássicos Daleks e Cybermen continuam a ser presença assídua, criando  o enquadramento necessário para o ressurgimento de um antigo conhecido do Doutor (spoilers… como diria River Song).

Twice Upon a Time é o derradeiro episódio desta temporada, que marca igualmente o fim da linha para Peter Capaldi, que irá regenerar-se, dando lugar à nova Doutora, Jodie Whittaker. Confesso que estou extremamente entusiasmado com a escolha, que permitirá uma abordagem refrescante e criar alguma inovação em termos de narrativa.

Para terminar, quero apenas enaltecer a prestação de Capaldi, que começou algo tremido mas conseguiu deixar um cunho pessoal na personagem. Parece-me mais do que justo salientar a enorme qualidade das duas últimas temporadas, que conseguiram mostrar uma nova faceta, para além de continuar a fazer um fan service incrível.

Shut up. Shutity shut up.

The following two tabs change content below.

hugocardoso

Criador / Fundador do Portal Pessoal
Membro da fantástica colheita de ©1978. Utilizador de . Adepto do SLB, LA Lakers e Colorado Avalanche. Entusiasta de Retro Gaming, Cinema e BD. Colecionador de Estátuas & Figuras. Fã #1 de Muttley, o 🐶

Últimos artigos de hugocardoso (Ver todos)

Participa no debate. A tua opinião é fundamental.