E lá se foi mais um Natal

A minha profissão obriga-me a “passar” o Natal ou a passagem de ano a trabalhar. Normalmente opto por ter o fim de ano livre para festejar com amigos e recarregar baterias. Esta rentrée não fugiu à regra: por volta da meia noite e meia a família juntou-se e iniciaram-se as hostilidades.

Em primeiro lugar, tenho de agradecer as fantásticas prendas que me deram. Houve de tudo um pouco: estátuas egípcias, dvds, telescópio, espadas e até jogos de tabuleiro. Foi realmente muito bom, por momentos voltei a ter 10 anos. Claro que também retribuí o gesto e espero sinceramente que a reacção tenha sido a mesma.

Um pensamento para o significado da Quadra em si: penso que se está a tornar num festival de consumismo exacerbado. As pessoas atropelam-se, andam resmungonas e “falidas” durante esta época. Não deixa de ser estranho porque passamos 12 meses a preparar-nos para o dia 25 e depois em 30,40 minutos o “mito” acabou. Já se planeia o ano seguinte e lá estamos nós a poupar.

As financeiras e os bancos devem adorar esta época (já para não falar das operadoras móveis e o comércio das grandes superfícies) pois cada vez mais nos andamos a enterrar em dívidas. Confesso que adoro receber e dar prendas mas o Natal deveria ser uma época de família e muitas vezes são mais os conflitos que outra coisa. Enquanto houver dinheiro para festejar é bom sinal.

Mas não deixa de ser preocupante o facto de ano após ano o nosso poder de compra diminuir a olhos vistos… mas essa é outra questão… acima tudo quero desejar um FELIZ NATAL PARA TODOS

The following two tabs change content below.

hugocardoso

Criador / Fundador do Portal Pessoal
Membro da fantástica colheita de ©1978. Utilizador de . Adepto do SLB, LA Lakers e Colorado Avalanche. Entusiasta de Retro Gaming, Cinema e BD. Colecionador de Estátuas & Mini-Figuras. Fã #1 de Muttley, o 🐶

Últimos artigos de hugocardoso (Ver todos)

Participa no debate. A tua opinião é fundamental.