Após o sucesso estrondoso de Walking Dead, a AMC resolveu criar esta prequela, em que vamos acompanhar o aparecimento do surto zombie num bairro de Los Angeles. A narrativa desenvolve-se em redor de Travis, um pai divorciado que inicia uma nova etapa com a família Clark. Existe um desenvolvimento de personagens muito consistente, com destaque para a toxicodependência de Nick e a luta pela sobrevivência do ser humano, um pouco ao estilo de Walking Dead.

O que começa por ser interpretado como um epidemia, escala rapidamente para um cenário dantesco, com cidades fortificadas e controladas pela lei marcial, em que tudo é válido para manter a lei e ordem. Apesar de ter apenas seis episódios, Fear the Walking Dead foi renovado, pelo que podemos continuar a acompanhar a aventura destas personagens. Sem colocar spoilers, a primeira temporada termina de forma dramática e com uma premissa que antevê episódios verdadeiramente épicos.

Confesso que esta série me surpreendeu, sobretudo pelo facto da acção complementar a narrativa, o que é refrescante. Preparem-se para uma experiência diferente, que assenta em mostrar o quão longe o ser humano pode ir na luta pela sobrevivência individual e colectiva (família).

The following two tabs change content below.

hugocardoso

Criador / Fundador do Portal Pessoal
Representante da fantástica "colheita" de 1978. Adepto do SLB, L.A Lakers e Colorado Avalanche. Entusiasta de Retro Gaming e BD. Gamer nos tempos livres. Coleccionador de Estátuas & Figuras.

Últimos artigos de hugocardoso (Ver todos)

Participa no debate. A tua opinião é fundamental.


Qual é o resultado final de 6 + 9 ?
Please leave these two fields as-is:
O SPAM não será tolerado neste espaço, pelo que solicito o preenchimento do formulário acima indicado. Muito obrigado.