Harry Potter: 8 anos depois

Apesar de não ser um fã de Harry Potter reconheço que marcou uma geração, pelo que resolvi rever os oito filmes originais e partilhar a minha opinião. Acredito que um dos segredos do sucesso está precisamente na estabilidade do elenco principal (excepção para Richard Harris que faleceu, o que forçou ao recast de Dumbledore), aliado à qualidade dos actores.

As escolhas estão muito bem conseguidas e a sinergia entre Harry, Hermione e Ron Weasley contribui decisivamente para o sucesso da franchise, bem suportado pela inclusão de nomes sonantes como Maggie Smith, Robbie Coltrane, John Hurt, David Bradley, Alan Rickman, Gary Oldman e Ralph Fiennes, para citar alguns.

Os primeiros quatro filme são marcados por um tom mais leve, em que nos é apresentada a premissa principal da narrativa, aliada a aventuras individuais que aparentam não estar relacionadas. Por outro lado, os filmes seguintes são muito mais sombrios, explorando temas complexos, o que acaba por funcionar bem, face ao amadurecimento dos personagens e do respetivo público alvo.

A saga Harry Potter é uma viagem fantástica pelo mundo da magia, embora nunca esqueça por completo o universo dos Muggles. O humor presente vai desaparecendo gradualmente, sendo substituído pelo desespero nos dois últimos filmes, com a busca pelos Horcruxes. Estamos perante uma franchise que durante uma década trouxe ao cinema a visão de JK Rowling, dando conclusão à clássica luta entre o Bem o Mal.

Em conclusão, diria que os filmes envelheceram bem e embora não concorde com todos os caminhos tomados, recomendo que revisitem ou tomem conhecimento deste universo, caso ainda não o tenham feito.

The following two tabs change content below.

hugocardoso

Criador / Fundador do Portal Pessoal
Membro da fantástica colheita de ©1978. Utilizador de . Adepto do SLB, LA Lakers e Colorado Avalanche. Entusiasta de Retro Gaming, Cinema e BD. Colecionador de Estátuas & Mini-Figuras. Fã #1 de Muttley, o 🐶

Últimos artigos de hugocardoso (Ver todos)

Participa no debate. A tua opinião é fundamental.