Game of Thrones T.4

Após o terrível assassinato de Robb Stark, o Norte fica a ser controlado por Lord Bolton, que estava de conluio com os Lannister. Em King´s Landing, o casamento do Rei Joffrey com Margaery Tyrell está marcado e os convidados começam a chegar. Esta temporada apresenta-nos algumas personagens interessantes, tais como Oberyn Martell, Olenna Tyrell e os irmãos Reed.

Esta temporada fica marcada pelo assassinato de Joffrey Baratheon, ás mãos de um duo improvável, mas Tyrion acaba por ser considerado culpado, num julgamento sem qualquer fundamento e totalmente controlado por Cersei Lannister.

Jaime tenta lidar com a sua perda (sem spoilers) mas não acredita que o irmão tenha cometido regicídio, acabando por ser fundamental no resgate que ocorre no derradeiro episódio. Sandor Clegane acompanha Arya Stark para o Eyrie, na tentativa de recolher uma recompensa por parte de Lysa, a irmã de Caitlyn Stark.

Bran Stark inicia uma viagem com Hodor e os irmãos Reed, na busca do corvo de três olhos. Ao longo desta demanda, Bran desenvolve poderes que lhe permitem assumir o controlo de animais e humanos. Mais a Norte, Jon Snow tenta avisar a NightWatch que Mance irá atacar com 100 mil homens, mas esbarra no cepticismo do seu comandante, até ser demasiado tarde.

Como sempre, vamos ter alianças quebradas e muitas traições, das quais destaco o apoio do banco de Braavos a Stannis, assim como o exílio de Jorah Mormont, após Daenerys descobrir algo inesperado.

Para terminar, Tyrion escapa da prisão, mas visivelmente perturbado com a traição de que foi algo, assassina brutalmente duas personagens, o que promete uma quinta temporada ainda melhor!

The following two tabs change content below.

hugocardoso

Criador / Fundador do Portal Pessoal
Membro da fantástica colheita de ©1978. Utilizador de . Adepto do SLB, LA Lakers e Colorado Avalanche. Entusiasta de Retro Gaming, Cinema e BD. Colecionador de Estátuas & Figuras. Fã #1 de Muttley, o 🐶

Últimos artigos de hugocardoso (Ver todos)

Participa no debate. A tua opinião é fundamental.