Bird Box

Baseado na obra literária de Josh Malerman, Bird Box mostra-nos uma sociedade dizimada por um misterioso acontecimento apocalíptico. No que concerne a narrativa, vamos acompanhar a luta pela sobrevivência de Malorie, uma mãe solteira grávida, que se vê barricada numa residência suburbana com vários desconhecidos.

O primeiro acto serve, como habitualmente, para apresentar as várias personagens e as suas motivações. Pessoalmente, considero fascinante a evolução das personalidades, sobretudo no que diz respeito ao instinto primário de selecção natural, que se sobrepõe por completo à humanidade e sensatez inicial.

Com o desenrolar dos eventos, chegamos à conclusão que existem entidades que levam os humanos à loucura apenas com o simples olhar, o que gera a necessidade de utilizar vendas nas diversas incursões realizadas no exterior, em busca de mantimentos.

Como habitualmente, não vou colocar spoilers mas posso adiantar que a narrativa inverte cronologicamente os acontecimentos, regredindo cinco anos e demonstrando a mudança drástica na situação de Marjorie, que a força a iniciar uma viagem perigosa pelo rio em busca de uma colónia de sobreviventes.

Bird Box é sem dúvida um filme interessante, com uma boa interpretação de Sandra Bullock e John Malkovich. Existem várias premissas de comportamento humano que são fascinantes, com destaque para o (inesperado) desfecho final.

Se são subscritores de Netflix, recomendo que invistam duas horas neste projeto de Susanne Bier, mas sem expectativas demasiado elevadas.

The following two tabs change content below.

hugocardoso

Criador / Fundador do Portal Pessoal
Membro da fantástica colheita de ©1978. Utilizador de . Adepto do SLB, LA Lakers e Colorado Avalanche. Entusiasta de Retro Gaming, Cinema e BD. Colecionador de Estátuas & Mini-Figuras. Fã #1 de Muttley, o 🐶

Últimos artigos de hugocardoso (Ver todos)

Participa no debate. A tua opinião é fundamental.