The Incredibles

Definitivamente a Pixar está em grande. Depois de Monsters Inc. e Ice Age chega ao cinema a história de uma família de super-heróis. Roberto Pêra (foi a tradução em português) é um ex-herói que trabalha numa seguradora. Ele e a sua mulher (Helena) lutaram durante quinze anos contra os mais terríveis vilões. Contudo a ingratidão foi grande e após vários processos em tribunal todos os super-heróis são banidos e proibidos de utilizar os seus poderes. Roberto e Helena aproveitam então para constituir família e tentam levar uma vida normal.

Claro que os anos vão passando e a rotina é demasiado aborrecida para o nosso Roberto Pêra. A oportunidade de voltar à acção surge através de uma misteriosa mulher que o convida para se deslocar a uma ilha e destruir um poderoso robot.

Recomendo vivamente este filme: tem um grafismo fantástico, é cómico e delicia a vista. Agora que terminaram os filmes de animação à “moda antiga” a utilização do computador torna as películas muito envolventes e reais. Mais uma vez as escolhas para as vozes são excelentes: Craig T Nelson, Holly Hunter e Samuel L Jackson entre outros. Nota muito alta para este filme e para a Pixar. Segue-se The Cars.

The following two tabs change content below.

hugocardoso

Criador / Fundador do Portal Pessoal
Membro da fantástica colheita de ©1978. Utilizador de . Adepto do SLB, LA Lakers e Colorado Avalanche. Entusiasta de Retro Gaming, Cinema e BD. Colecionador de Estátuas & Figuras. Fã #1 de Muttley, o 🐶

Últimos artigos de hugocardoso (Ver todos)

Total de comentários: Um comentário

  1. Luis diz:
    A utilizar Internet Explorer 6 Internet Explorer 6 em Windows XP Windows XP

    Este foi sem margem para duvida o melhor portal que já alguma vez vi.
    Por isso icentivo-te a melhorar.
    Parabéns!!

Participa no debate. A tua opinião é fundamental.


Qual é o resultado final de 7 + 18 ?
Please leave these two fields as-is:
O SPAM não será tolerado neste espaço, pelo que solicito o preenchimento do formulário acima indicado. Muito obrigado.