The Avengers

Como já tinha referido anteriormente o filme “The Avengers” está no topo da minha lista para 2012. Sou um grande fã da Marvel, pelo que tenho visto com bons olhos os últimos projectos do universo em questão.

Confesso que os Vingadores são uma das minhas “franchise” preferidas, pelo que aguardava com muita curiosidade a estreia. Antes de começar, parece-me importante fazer um pequeno enquadramento, alertando para os spoilers constantes nos parágrafos seguintes. Desde muito novo que passava parte das minhas férias a ler aventuras da Marvel, nomeadamente os Vingadores e nem nos meus sonhos mais arrojados imaginaria que pudesse chegar ao cinema algo semelhante. Mas a realidade é que Hollywood adoptou com toda a força este género e continuam a sair filmes épicos para fãs como eu.

Tenho a certeza que esta crítica será tudo menos isenta mas perdoem-me o entusiasmo: vão à sala de cinema e vejam (em 2D por favor) estes 140 minutos de puro prazer. Mas passemos á minha opinião acerca do filme: a escolha de Joss Whedon como realizador foi a cereja no topo do bolo, dado que é uma pessoa familiarizada com a Marvel, sendo responsável pelo reboot dos comics “The Astonishing X-Men” e por séries como Buffy, Firefly e DollHouse.

O elenco é de luxo, pontificando nomes como Robert Downey Jr, Samuel L Jackson, Chris Emsworth , Chris Evans e Scarlett Johansson. Os fãs mais hardcore vão rapidamente alegar que este alinhamento não corresponde à origem dos Vingadores, mas estamos claramente perante uma adaptação, pelo que não tenho qualquer problema com o caminho seguido.

O filme, apesar de longo, reserva bastante tempo ao desenvolvimento das personagens, estando divido em dois actos. A segunda parte é dedicada ás cenas de acção e eleva o patamar, tornando-se no sonho de qualquer fã da Marvel. Admito que por largos minutos a criança dentro de mim sentiu-se num perfeito estado de nirvana.

O humor e os diálogos são simplesmente É-P-I-C-O-S, com destaque para Tony Stark e Hulk. A sinergia e o espírito da Marvel estão por todo o filme e Joss Whedon é a pessoa certa para liderar este projecto. A fasquia fica certamente muito elevada mas estou em crer que teremos uma sequela. Recomendo que aguardem pelos créditos finais, para que possam assistir a um pequeno teaser, que envolve o vilão Thanos.

Estou em crer que este seja o melhor filme da Marvel e na minha perspectiva assim teria de ser, tendo em conta a escala do projecto. As minhas principais preocupações desvaneceram-se por completo nos primeiros minutos: Mark Ruffalo é consistente como Bruce Banner (embora o Edward Norton seja o maior!), Black Widow e Hawkeye são bons complementos à equipa e o filme tem um bom enredo, não faltando o habitual cameo de Stan Lee.

Como não existem filmes perfeitos, gostaria que tivesse sido dedicado mais tempo à explicação de como Thor chega à Terra (é indicado um portal e pouco mais), assim como não se compreende a súbita capacidade de controlo de Banner sobre a transformação em Hulk. Mas nada disto é relevante para aquele que até agora foi o melhor filme que vi este ano.

The following two tabs change content below.

hugocardoso

Criador / Fundador do Portal Pessoal
Membro da fantástica colheita de ©1978. Utilizador de . Adepto do SLB, LA Lakers e Colorado Avalanche. Entusiasta de Retro Gaming, Cinema e BD. Colecionador de Estátuas & Figuras. Fã #1 de Muttley, o 🐶

Últimos artigos de hugocardoso (Ver todos)

Participa no debate. A tua opinião é fundamental.