Mamba Out

E ao final de vinte anos, repletos de vitórias, momentos históricos e alguma polémica, Kobe “Bean” Bryant, mais conhecido por Black Mamba, termina a sua carreira. Aos trinta e sete anos, vindo de duas lesões (tendão de Aquiles e joelho) que resultariam no abandono para 99% dos mortais, este atleta de eleição consegue surpreender tudo e todos, apresentando médias de 17.6 pontos, 3.7 ressaltos e 2.8 assistências, sendo titular em mais um All Star Game.

Os Lakers tiveram a sua pior temporada de sempre, ganhando apenas 17 jogos, mas o futuro é promissor, dado que existe qualidade nos jovens que estão, assim como nos que ainda vão chegar via draft.

Mas este artigo visa enaltecer a grandiosidade de Kobe, que se junta a nomes como Magic, Worthy, Kareem, O´Neal, Baylor, Goodrich, West e Wilkes, sendo imortalizado no topo do Staples Center. Cinco vezes campeão, terceiro (33,643) na lista de melhores marcadores de sempre, 18 vezes all Star, membro da equipa dos Lakers que detém o record da NBA nos playoff (15V – 1D em 2000/2001), a lista de feitos continua para aquele que ficará na História como um dos melhores de sempre.

Kobe mudou imenso ao longo do tempo, passando de um miúdo com feitio complicado e perfeccionista para alguém que se tornou mentor dos mais novos (Randle, Clarkson e Russell) e que termina carreira da forma que quis. Não sai obviamente no auge, mas teve uma despedida épica, marcando 60 pontos e ajudando os Lakers a derrotar os Jazz, perante um Staples Center à beira da loucura.

Desafiado por Jack Nicholson a marcar 40 pontos e por Shaquille O´Neal a marcar 50, The Black Mamba ficou-se pelos 60, ofuscando por completo o feito histórico dos Warriors, que alcançaram pela primeira vez as 73 vitórias numa época regular. E penso que este é o maior exemplo da importância e grandiosidade de Kobe.

No último jogo da sua carreira, foram vendidos 1.2 milhões de dólares em merchandising no pavilhão, outro recorde, mas o momento mais marcante foi sem dúvida o seu discurso final, que termina com duas palavras: MAMBA OUT.

Muito obrigado por estes vinte anos, sou fã dos Lakers desde a década de 80 (Showtime FTW) mas sem dúvida que ficam na memória as muitas noitadas que fiz para acompanhar as finais e o percurso desta lenda vida.

The following two tabs change content below.

hugocardoso

Criador / Fundador do Portal Pessoal
Membro da fantástica colheita de ©1978. Utilizador de . Adepto do SLB, LA Lakers e Colorado Avalanche. Entusiasta de Retro Gaming, Cinema e BD. Colecionador de Estátuas & Mini-Figuras. Fã #1 de Muttley, o 🐶

Últimos artigos de hugocardoso (Ver todos)

Participa no debate. A tua opinião é fundamental.