Inglourious Basterds

Há algum tempo que aguardava pacientemente a estreia deste spaghetti western de Tarantino. A crítica portuguesa (para não variar) é negativa, mas como sabem não sou receptivo a ondas negativas. Na passada sexta-feira tive oportunidade de o ver e posso dizer que fiquei agradavelmente surpreendido. A música, a carga emotiva dos dilálogos e a montagem não deixam margem para dúvidas, pelo que posso afirmar que estes Bastardos são de altíssimo nível.

Brad Pitt dá a cara pelo Tenente Aldo Raines, um caçador de nazis, mas é inquestionável que a grande personagem do filme é Christoph Waltz, aka Coronel Hans Landa. Concordo plenamente com o Nuno Markl, no que diz respeito à qualidade da interpretação deste outrora desconhecido actor austríaco. É em torno deste astuto Coronel que toda a acção se vai desenrolar, com os nossos “heróis” pelo meio e várias narrativas paralelas, que se encaixam de forma perfeita, bem ao estilo do que Tarantino nos habituou. Chamo a atenção para a fabulosa cena inicial, ou capítulo I, que é simplesmente divinal.

É evidente que o filme está repleto de violência gratuita, quase a roçar o gore, mas de uma forma simples e por vezes cómica. As personagens são cativantes, mas o que mais fascinou foi a dinâmica dos diálogos, que conferem uma atmosfera tensa e que nos deixam bem agarrados à cadeira do cinema! Inglourious Basterds é um excelente filme, para quem gosta de QT e recomendo sem hesitação. Mais uma vez fico à espera da edição em DVD, que promete ser épica…

Para terminar, uma curiosidade: Quentin Tarantino interpreta algum papel no filme? Honestamente não me pareceu… mas posso estar errado!

The following two tabs change content below.

hugocardoso

Criador / Fundador do Portal Pessoal
Membro da fantástica colheita de ©1978. Utilizador de . Adepto do SLB, LA Lakers e Colorado Avalanche. Entusiasta de Retro Gaming, Cinema e BD. Colecionador de Estátuas & Figuras. Fã #1 de Muttley, o 🐶

Últimos artigos de hugocardoso (Ver todos)

Participa no debate. A tua opinião é fundamental.